Buscar
  • Matriz Engenharia de Energia

SOLUÇÕES PARA SEU CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA SER MAIS EFICIENTE

Talvez você não saiba a importância de se ter um consumo mais eficiente de energia, por isso, aqui te direi algumas razões para buscar hoje essa eficiência. A primeira delas, como já deve imaginar, é a economia na conta no final do mês, outro motivo é ajudar o meio ambiente. Contudo, o que provavelmente você não sabe é que, de acordo com National Research, fazer essa melhora na energia acrescenta em média 14% no valor de venda da sua residência ou indústria. Além disso, sabe-se que há um aumento na demanda por trabalhos que buscam um consumo mais eficiente, gerando mais empregos. Segundo a U.S Senate Committe on Energy and Natural Resourcer, a eficiência da energia em indústrias criou 67.000 novos empregos nos Estados Unidos em 2017.


Agora em uma residência? Bem, pela pesquisa da Empresa de Pesquisa Energética - EPE - cerca de 1200 kWh por domicílio foi consumido em 2018 pelo uso de equipamentos elétricos. O uso de equipamentos em stand by como carregadores de smartphones ou até um microondas que não está sendo usado e está ligado a tomada podem gerar um alto consumo, mas um grande vilão conhecido é o chuveiro elétrico representando cerca de 24% (Eletrobras, 2007) de uma residência.


Falamos para você o que mais se consome em uma residência ou em uma indústria. Mas será mesmo que é só o consumo? Não, e isso pode ser demonstrado pelo fato de o Brasil ainda ser um dos países que ainda não investem tanto em eficiência energética, quando comparado a outros países, pelo último ranking feito pelo Conselho Americano para Economia Eficiente de Energia (ACEEE) o país se encontra em 20° em uma pesquisa de 25 países. Com isso, o potencial de diminuição de gastos com energia elétrica pode chegar a R$ 52,17 bilhões, podendo concluir que investir em medidas de eficiência energética é um grande artifício para a mitigação de custos com energia elétrica tanto em uma indústria quanto em uma residência.


Por onde podemos começar? Primeiramente, é válido ter um momento de reflexão quanto aos seus hábitos de consumo e saber o quão disposto está em revê-los. Assim, começar com o uso racional de energia é de suma importância, revendo o seu tempo de banho, tirando aparelhos elétricos e eletrônicos da tomada quando não estão em uso. Aproveitar a iluminação natural, a fim de reduzir a demanda pela iluminação de lâmpadas e luminárias. Para você ver o quanto essas medidas podem impactar, vejamos abaixo:




  • Trocar 4 lâmpadas fluorescentes por lâmpadas de LED dá cerca de 65 kWh economizados anualmente.





  • Diminuir em 10 min o banho são economizados aproximadamente 281 kWh em um ano.




  • Trocar a TV LCD (380W) para uma de LED (180W) pode ocasionar uma economia de 360 kWh anual*




*considerando tempo de uso de 5 horas em um período de 30 dias em um ano


Agora, iremos dar algumas soluções definitivas para você buscar hoje essas melhorias. Como primeira apresentamos o fotovoltaico, que consiste em uma consultoria junto à nossa parceira para instalação das placas solares. Outra opção, seria um estudo luminotécnico, que consiste em buscar a melhor iluminação para o ambiente. Ainda é possível utilizar a carga térmica, que equivale em um estudo retrofit e dimensionamento de sistemas de climatização. Ou quem sabe apenas trocar sua tarifa já é o bastante? Entre em contato conosco para analisarmos a sua situação e indicarmos qual solução é ideal para você reduzir na conta de energia.


Letícia Bevilaqua

Marina Costa



68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo