Buscar
  • Matriz Engenharia de Energia

O PETRÓLEO E A ENERGIA

Você sabia que a utilização do petróleo é feita desde nossas civilizações antigas? Há relatos da sua utilização desde o século XVI. Mais conhecido como betume na época, o petróleo tinha várias utilidades, como asfaltar ruas com tijolos a base de betume, calafetação de embarcações, embalsamento de mortos, fins bélicos, entre outras. Tudo dependia de qual povo estaria utilizando. Neste tempo antigo, não existiam as técnicas avançadas de perfuração que temos hoje, então todo petróleo ou betume utilizados eram provindos de poças de betume que emergiam do solo por conta da pressão.


Foi em 1859 que o primeiro poço de petróleo do mundo foi perfurado, numa plataforma onshore (em terra firme). Seu criador foi Edwin Drake e a partir daí o petróleo entrou no mercado como fonte de energia e combustível para meios de transportes e, também, como matéria prima para a fabricação de diversos produtos.


No Brasil, a exploração de petróleo chegou em 1897, quando seu primeiro poço foi perfurado no município de Bofete no estado de São Paulo pelo fazendeiro Eugênio Ferreira de Camargo, para esse marco histórico para o Brasil, o fazendeiro utilizou uma sonda importada dos EUA, atingindo 488 m de profundidade. Foram retirados apenas dois barris. Esta iniciativa motivou outras pesquisas até que em 1919 foi feita a primeira sondagem oficial, no município de Marechal Mallet (PR), em um poço de 84 m, de onde nada se extraiu. Após isso, o Brasil ficou cerca de 20 anos sem exploração de petróleo. Para a alegria de todos, em 1939 foi descoberto o promissor poço no Recôncavo Baiano e depois no séc. XXI a história mudou com a descoberta da camada do nosso famoso pré-sal.


Figura: Primeiro poço de petróleo no Brasil em 1939. Fonte: CPDOC

Mas qual a relação do petróleo com a Energia?


A produção de energia é essencial para o cotidiano do ser humano. As fontes não renováveis como carvão, gás natural e petróleo, os famosos combustíveis fósseis, respondem por cerca de 87% da matriz energética global, com destaque para o petróleo, que é a fonte mais utilizada desde a Segunda Revolução Industrial, ocorrida durante o século XIX. No Brasil, ele corresponde à 36,4% da matriz energética.


A geração de energia a partir de derivados de petróleo ocorre por meio da queima desses combustíveis em caldeiras, turbinas e motores de combustão interna. A utilização de caldeiras e turbinas é similar aos demais processos térmicos de geração e se aplica ao atendimento de cargas de ponta e/ou aproveitamento de resíduos do refino de petróleo.


O petróleo é uma mistura de hidrocarbonetos, de origem fóssil e não renovável, ou seja, ele irá se esgotar na natureza. Sua formação ocorreu principalmente nas rochas sedimentares, através da decomposição de matéria orgânica (restos de plantas e animais). O tempo e as condições a que esses materiais ficaram submetidos (pouco oxigênio, pressão da terra, altas temperaturas etc.) promoveram sua transformação em uma massa homogênea viscosa de coloração negra, podendo variar para mais claro ou escura a depender do poço.


As principais jazidas de petróleo estão localizadas no Oriente Médio, Golfo do México, Estado Unidos da América (EUA), Venezuela, Federação Russa, China e na porção ocidental da África. No Brasil, o estado do Rio de Janeiro é o maior produtor nacional de petróleo, mas também há reservas significativas no Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Bahia. A Petróleo Brasil S/A (Petrobras) visa explorar o “ouro-negro” encontrado a 7 mil metros abaixo do nível do mar: uma imensa reserva de petróleo, denominada pré-sal, que poderá triplicar a produção nacional. Caso esse fato se concretize, o Brasil se tornará um dos maiores produtores de petróleo, podendo até integrar a Opep.



Engenharia de Petróleo na Universidade de Brasília


Para você se tornar um Engenheiro de Reservatório ou um Engenheiro de Petróleo e Gás, você não precisa necessariamente cursar uma graduação em engenharia de petróleo e gás, vários cursos de graduação tem especialização na área, como Engenharia Química, Física, Química e Engenharia de Energia. Na Universidade de Brasília, a oferta do curso Engenharia de Energia conta com uma cadeia especial para combustíveis fósseis, capacitando, assim, seus alunos a seguirem na área de combustíveis fósseis e biocombustíveis. Ademais, você tem que topar o desafio de se dedicar e se capacitar na área de reservatórios para que possa ser um profissional de excelência para o mercado!


E aí? Sonha em conhecer mais sobre a área de petróleo e gás? Venha conhecer mais sobre o curso de Engenharia de Energia!


Thayná Côrtes

Michael Emanuel


47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo